O tempo de cada atividade é um determinante na hora de escolher o acessório certo, levando em consideração também a quantidade de equipamentos necessários.

Você resolve se aventurar em esportes outdoor, elabora uma lista de materiais e equipamentos que precisa levar, separa o tênis, calça, camiseta, boné, filtro solar e pega a boa e velha mochila para carregar tudo o que precisa. A partir daí começam os seus problemas, porque a mochila é inadequada e mais atrapalha do que ajuda na sua prática esportiva. 

Se identificou? Saiba que você não é o único e este erro é tão comum que separamos algumas dicas para facilitar o planejamento correto das suas atividades, levando em consideração todas as suas necessidades na hora de praticar esportes ao ar livre e a melhor forma de carregar seu equipamento. 

Comece planejando o tempo de cada atividade. Saber quanto tempo você ficará fora de casa vai determinar a quantidade de equipamentos, acessórios e alimentos que serão necessários. Só por aí, já é possível ter uma ideia da capacidade que sua mochila deverá ter. 

Atividades de até 12 horas – Mochilas de 30 a 35 litros

De acordo com o Eduardo Efting, Gerente de Produto da Invictus Tactical & Outdoor, expedições e práticas como trekking e trilhas não costumam levar mais do que 12 horas e, para este tempo de duração da atividade, uma mochila de 30 a 35 litros é o tamanho ideal, pois garantem mobilidade ao usuário, sem perder a capacidade de armazenamento. Modelos com cintos de fixação na cintura e tórax podem ajudar, assim como aqueles que oferecem compartilhamentos específicos que facilitam a organização de objetos e o armazenamento de alimentos. Mochilas que oferecem refil de hidratação são opções diferenciadas, assim como tecidos resistentes à água e painel traseiro acolchoado, que ajuda no conforto. 

Atividades de 24 horas – Mochilas de 40 a 45 litros

Se a atividade durar o dia todo, é interessante aumentar um pouco o tamanho da mochila. Os modelos com capacidade entre 40 e 45 litros são adequados ao período de 24h e podem ser úteis no uso cotidiano. Eles geralmente possuem compartilhamentos específicos para óculos, vestuário, calçado, garrafas e mais de um refil de hidratação, e podem ainda prever a inclusão de acessórios eletrônicos, como notebooks. Mochilas com essa capacidade geralmente ficam dentro do limite de medidas para não precisarem ser despachadas como bagagem, no caso de viagens de aventuras de curta duração. Bolsos externos, frontais ou laterais, são práticos e facilitam o acesso aos equipamentos mais utilizados e armazenamento de itens molhados. 

Atividades com mais de 48 horas – Mochilas a partir de 50 litros

Agora, se a sua programação inclui uma expedição, viagem ou situações extremas de sobrevivência, o ideal é investir em uma mochila expansível. Há modelos de 55 litros, ou menores e versáteis, que de 35 litros chegam a expandir mais 15, quando abertas. Viagens um pouco mais longas pedem modelos a partir de 70 litros. Atente-se às malas que podem ser usadas de três formas distintas: como mochila, bolsa de mão ou bolsa de ombro. Correias de compressão que cumprem diferentes funções, podem ser muito úteis para cada etapa da jornada.

Por fim, é importante saber que cada esporte tem suas peculiaridades, então fique atento aos detalhes como resistência, ventilação, compartimento para garrafas e bolsos internos, pois tendo todos os equipamentos e acessórios armazenados da maneira correta, o sucesso da sua prática esportiva é mais garantido.

Deixe Um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *