Muito se fala e muito se “chuta” quando o assunto são as grandes Cachoeiras do Brasil.

Rankings que replicam as mesmas informações, certas ou não, sem conferir a origem destas, surgem diariamente na internet. Não há catálogo ou levantamento elaborado por um órgão estatal. Enfim, as grandes cachoeiras do Brasil permanecem desconhecidas da imensa maioria dos brasileiros – até mesmo de alguns que se julgam entendidos no assunto.

O Projeto Cachoeiras Gigantes tem o arrojado objetivo de mapear e medir as maiores cachoeiras do Brasil, de acordo com critérios internacionais de classificação, e publicar o resultado deste trabalho em forma de um livro-guia. Teremos, então, uma fonte completa e confiável de informações sobre estas fantásticas obras de arte naturais.

Ranking Cachoeiras do Brasil

1 – Cachoeira da Neblina – 450 m – Parque Nacional da Serra dos Órgãos – RJ.

2 – Nascente Norte do Rio Cotingo – 375 m – Monte Roraima – RR.

As gigantescas cachoeiras gêmeas das nascentes do Rio Cotingo, no Monte Roraima, reclamam seu posto entre as maiores quedas d’água do Brasil.
São 375 metros de altura na nascente norte e 365 metros na nascente sul, fazendo com que quase toda a água vaporize antes de atingir o chão.
Imagem obtida pela Embratur e encontrada na publicação #PartiuBrasil, do Ministério do Turismo.

3 – Nascente Sul do Rio Cotingo – 365 m – Monte Roraima – RR.

4 – Cachoeira do El Dorado – 353 m – Barcelos – AM.

5 – Cachoeira da Fumaça – 340 m – Palmeiras – BA.

6 – Cachoeira da Boa Vista – 310 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)

Um local indescritível, com uma cachoeira que despenca por um imenso paredão, este é o cenário do vértice do Cânion Boa Vista. Para poder visualizar a cachoeira completa, é preciso encarar o vento forte e aproximar-se da borda das paredes do gigantesco cânion.

O Cânion Boa Vista localiza-se na divisa entre São José dos Ausentes, RS e Morro Grande, SC.
Este cânion tem, pelo menos, 5 cachoeiras gigantes – nesta visita medimos 2 delas.

7 – Cascata do Risco Verde – 296 m – São Francisco de Paula – RS. (#)

8 – Cachoeira Véu de Noiva – 289 m – Cânion Itaimbezinho – RS/SC. (#)

9 – Cachoeira do Bel – 280 m – Monte Alegre – BA. (+)

10 – Cachoeira do Tabuleiro – 273 m – Conceição do Mato Dentro – MG.

11 – Cachoeirão – ~270 m – Chapada Diamantina – BA.

12 – Cascata Água Branca – 259 m – Maquiné – RS. (#)

Esta linda queda d’água, que por enquanto é uma das três mais altas totalmente dentro do território do Rio Grande do Sul, tem impressionantes 259 metros de altura.
Localizada na divisa dos municípios de Maquiné e São Francisco de Paula, avistá-la por inteiro é um desafio e exige uma longa caminhada pela mata.

13 – Cachoeira do Rio Seco – 257 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)

O Cânion tem paredes tão altas que tem-se a impressão de que esta cascata é pequena, mas a medição que fizemos dá uma ideia da imensidão do lugar: a cascata tem 257 metros. A partir do local em que a queda da cascata cai, o riacho continua em direção ao fundo do cânion, em uma altura que não conseguimos medir nesta ocasião.

14 – Cachoeira do Jatobá – 248 m – Vila Bela da Santíssima Trindade – MT.

15 – Cachoeira Amola Faca – 241 m – Cânion Amola Faca – RS/SC. (#)

16 – Cachoeira da Fortaleza – 235 m – Cânion Fortaleza – RS/SC. (#)

17 – Cachoeira Encantada – 230 m – Itaitê – BA.

18 – Cachoeira da Raposa Maior – 225 m – Ibicoara – BA. (+)

19 – Cachoeira do Rio dos Bugres – 218 m – Urubici – SC. (*)

20 – Cachoeira do Cavalo Baio – ~215 m – Baependi – MG.

21 – Cachoeira da Fumacinha – ~210 m – Ibicoara – BA.

22 – Cachoeira do Cerradão – 202 m – São Roque de Minas – MG.

23 – Cachoeira do Desabamento – ~200 m – Barcelos – AM.

23 – Cachoeira da Serrinha – 200 m – Maquiné – RS. (#)

23 – Cachoeira do Peixe Tolo – ~200 m – Conceição do Mato Dentro – MG.

23 – Cachoeira do Bananal – ~200 m – Bananal – MG.

23 – Cachoeira do Tigre Preto – ~200 m – Cânion Fortaleza – RS/SC

Legendas do Ranking 

  • As quedas d’água marcadas com (#) foram medidas pela equipe do Projeto Cachoeiras Gigantes.
  • As quedas d’água marcadas com (+) foram medidas pelo canionista Ronald Fernandes e sua equipe.
  • A queda d’água marcada com (*) foi medida por equipe de canionistas.

A Cachoeira das Lágrimas, medida pela expedição liderada por Ronald Fernandes, no interior de Guaratinga, Bahia, possui altura de 460 metros. Trata-se de uma cachoeira intermitente, que aparece quando as chuvas tomam conta do enorme maciço rochoso onde esta se encontra.

Se você tem imagens que possam nos ajudar nessa lista, entre em contato com a gente, clicando aqui!

Gostou dessas dicas, então compartilha com seus amigos esse novos lugares, não esqueça de nos seguir nas redes sociais, marcando a gente no Instagram e Facebook.

5 Comentários de

  1. Eng. Leomar Teichmann 03/03/2016 no 10:41

    Olá!

    Mais uma cachoeira medida!
    Hoje a tarde fiz a medição, em conjunto com técnicos dos Parques Nacionais dos Aparados da Serra e da Serra Geral, da Cachoeira Véu de Noiva e da Cachoeira das Andorinhas, no Canyon Itaimbezinho, fronteira do RS e SC.
    As alturas encontrada desmentem as publicadas “por estimativa” no World Waterfall Database (400 metros).
    A medida oficial da Cachoeira Véu de Noiva é de 288 metros.
    Assim sendo, entre os rankings usualmente publicados, ela é a terceira mais alta do Brasil (lembrando que a Cachoeira da Serrinha, cuja primeira parte da medição já apontou 200 metros, ainda não está totalmente medida e pode ter mais de 400 metros de altura total). O maior “salto” da Cachoeira Véu de Noiva tem 72 metros (são 4 saltos e várias cascatas que compõe a cachoeira).
    A Cachoeira das Andorinhas foi medida parcialmente (será necessário equipamento de alpinismo para medição do trecho final) e a medida encontrada até agora é de 158 metros. O ponto de visada desta primeira medição não permitiu visualizar com clareza a parte inferior da cachoeira, que pode ter até 50 metros. Assim sendo, é possível que a altura total fique em torno de 210 metros. Em breve voltarei lá para confirmar esta medida.
    E que venham as próximas gigantes!
    Não deixem de acompanhar os relatos na página Cachoeiras Gigantes, no Facebook.

    Responder
  2. Eng. Leomar Teichmann 03/03/2016 no 10:42

    No sábado, dia 30/01/16, iniciamos o projeto de medição das cachoeiras gigantes do Brasil.
    Começamos em alto estilo, medindo uma gigante de mais de 400 metros de altura total! ::otemo::
    Trata-se da Cachoeira da Serrinha, que fica em Barra do Ouro – distrito de Maquiné, no Rio Grande do Sul.
    Para que tenham uma ideia da grandiosidade da cachoeira, apenas o salto principal tem altura mínima de 192 metros (atinge 207 metros quando o volume de água aumenta).
    Na sequência do salto principal há uma cascata cuja altura ainda não medimos (face ao altíssimo grau de dificuldade para acessá-la – terá de ser feita a descida do salto), mas que apresenta altura superior ao trecho já medido.
    Para acompanhar a jornada de caça as cachoeiras gigantes, basta acessar a página do Facebook: https://www.facebook.com/cachoeiras.gigantes/.

    Para sugerir cachoeiras gigantes a serem medidas, me contatem em quedas.gigantes@gmail.com!

    Responder
  3. Débora 04/01/2017 no 09:17

    Bem bacana este post. Tive a oportunidade de conhecer algumas delas e outras ainda irei. Só pra avisar que a foto do Salto Mlot em Prudentópolis/PR está errada. Voltei de lá esta semana. Se quiseres posso passar a foto.

    Responder
  4. Projeto Cachoeiras Gigantes 18/10/2017 no 21:52

    O Projeto Cachoeiras Gigantes (www.facebook.com/cachoeiras.gigantes) está mapeando e medindo as maiores cachoeiras do Brasil. Já encontramos queda d’água gigantescas e que nunca antes haviam sido medidas.

    Ranking atualizado das mais altas quedas d’água do Brasil:
    1 – Cachoeira do El Dorado – 353 m – Barcelos – AM.
    2 – Cachoeira da Fumaça – 340 m – Palmeiras – BA.
    3 – Cachoeira da Boa Vista – 310 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)
    4 – Cascata do Risco Verde – 296 m – São Francisco de Paula – RS. (#)
    5 – Cachoeira Véu de Noiva – 282 m – Cânion Itaimbezinho – RS/SC. (#)
    6 – Cachoeira do Tabuleiro – 273 m – Conceição do Mato Dentro – MG.
    7 – Cachoeirão – ~270 m – Chapada Diamantina – BA.
    8 – Cascata Água Branca – 259 m – Maquiné – RS. (#)
    9 – Cascata Diagonal – 257 m – Cânion da Boa Vista – RS/SC. (#)
    10 – Cachoeira do Tigre Preto – ~250 m – Cânion Fortaleza – RS/SC.
    11 – Cachoeira do Jatobá – 248 m – Vila Bela da Santíssima Trindade – MT.
    12 – Cachoeira Amola Faca – 241 m – Cânion Amola Faca – RS/SC. (#)
    13 – Cachoeira Encantada – 230 m – Itaitê – BA.
    14 – Cachoeira do Cavalo Baio – ~215 m – Baependi – MG.
    15 – Cachoeira da Fumacinha – ~210 m – Ibicoara – BA.
    16 – Cachoeira do Cerradão – 202 m – São Roque de Minas – MG.
    17 – Cachoeira do Desabamento – ~200m – Barcelos – AM.
    18 – Cachoeira da Serrinha – 200 m – Maquiné – RS. (#)
    19 – Cachoeira do Peixe Tolo – ~200 m – Conceição do Mato Dentro – MG.
    20 – Cachoeira do Bananal – ~200 m – Bananal – MG.
    As quedas d’água marcadas com (#) foram medidas pela equipe do Projeto Cachoeiras Gigantes.

    Responder

Deixe Um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *